CUT-RS anuncia o novo vice-presidente e debate agendas importantes para o próximo período

17/01/2015 12:25

CUT-RS anuncia o novo vice-presidente e debate agendas importantes para o próximo período

13 janeiro, terça-feira, 2015 às 2:55 pm

Comentários
 

DSC_9146

Marizar Mansilha Melo ocupa a vice-presidência da Central até o próximo Congresso Estadual. Dia 13 de março, acontece uma grande Plenária de Mobilização

Dirigentes da executiva, coordenadores das regionais e representantes de federações e de sindicatos com base estadual participaram da reunião da direção ampliada da CUT-RS, na manhã desta terça-feira, 13, no auditório da entidade.

O debate iniciou com a análise da conjuntura nacional e estadual, que entre outros pontos, abordou as Medidas Provisórias anunciadas pelo governo federal no final do ano passado, o decreto 52.230 do governo do RS (que prevê medidas que sinalizam a precarização do serviço público estadual, prejudicando os trabalhadores e o crescimento do estado e) e a suspensão do reajuste do Piso Salarial Regional por liminar do Tribunal de Justiça, a pedido da FECOMÉRCIO.

“Estamos sendo muito demandados neste período. Precisamos levar a posição da CUT para a sociedade e principalmente para as nossas bases, para os trabalhadores. Por isso, este encontro se torna fundamental para qualificarmos o debate sobre essas pautas”, declarou o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo, na abertura da reunião.

Grandes agendas de 2015

Este será um ano de intensas manifestações em defesa do emprego e dos direitos da classe trabalhadora, no estado e no Brasil. Ficou agendada para o dia 13 de março (sexta-feira) uma Plenária Estadual de Mobilização, a partir das 9h, em local a ser definido. No dia 28 de janeiro, o Coletivo de Formação da CUT-RS irá se reunir para planejar o ano.

DSC_9148

“E não está descartada uma grande manifestação pela manutenção do reajuste do Piso Regional”, alertou Nespolo.

A direção também divulgou o período de realização do Congresso Estadual, que  será de 15 de maio a 31 de agosto. O Congresso Nacional acontecerá de 13 a 16 outubro.

Dia Nacional de Luta – enquanto acontecia a reunião estadual, em São Paulo a CUT Nacional divulgava a data do Dia Nacional de Luta em Defesa dos Empregos e dos Direitos, que será no 28 de janeiro, em todo o país, com assembleias e paralisações. Já a Marcha da Classe Trabalhadora ocorrerá no dia 26 de fevereiro, em São Paulo.

Recomposição da direção

No final da reunião, foi anunciada a recomposição da direção. Com a renúncia da professora Rejane de Oliveira, o servidor público da FUNASA, Marizar Mansilha de Melo é o novo vice-presidente da CUT-RS.

Marizar integra a corrente “A CUT pode mais”, é secretário geral do Sindicato dos Servidores Federais do Rio Grande do Sul (SindiserfRS) e secretário adjunto da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (CONDSEF).

DSC_9152

Ele afirmou que não irá fugir do embate político. “Não tenho dúvida de que vamos construir a unidade da classe trabalhadora e podemos crescer com as nossas divergências.”

Nespolo desejou boas vindas ao novo integrante da executiva e resumiu a posição da direção da Central ao declarar que tem “certeza que Marizar irá fazer um ótimo trabalho até o fim desta gestão.”

Por: Renata Machado (CUT-RS)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!